domingo, 6 de Julho de 2014

Amai, porque nada melhor para a saúde que um amor correspondido. Vinicius de Moraes

 

Adivinhas-me

 

Julia Calçada

Sussurro-te uma frase inacabada
E tu desvendas no meu olhar,
Todo o restante mistério.

Adivinhas-me,
Por entre os dedos que te tocam
E que te escrevem.

E te descrevem…

Adivinhas-me,
Como adivinhas a melodia
Dos fios do meu cabelo,
Soltos numa brisa suave ao teu olhar.

Adivinhas-me,
O arrepio na pele
Quando percorres com as pontas dos dedos,
Os lábios que te beijam em silêncio.

E num sopro de um só sentimento,
Aprendeste a amar(me)
Como ninguém.

Daniela S. Pereira

Imagem de Julia Calçada

Karen Hollingsworth (19)

SUA...
Porque foi você que me fez redescobrir
Foi você que me levou por caminhos de sol
Foi você que me aqueceu na chuva
Foi você que desenhou meu melhor sorriso
Sua......
Porque foi seu corpo que se fez abrigo
Foi seu ombro o travesseiro amigo
Foi seu rosto o espelho da alma
Sua...
Por me fazer calma
Por me deixar louca
Por me emudecer
Por me fazer respirar melhor...
Sua...
Por tudo
Por nada
Por ser
Sentir
Emergir
Olhar o infinito e saber que posso voar mais uma vez...
(Tereza Maria Caarneiro)

Imagem de Karen Hollingsworth

sábado, 7 de Junho de 2014

 

Andrei Belichenko and Maria Boohtiyarova  008

Tenho saudades do teu corpo: ouviste
correr-te toda a carne e toda a alma
o meu desejo – como um anjo triste
que enlaça nuvens pela noite calma? …
Anda a saudade do teu corpo (sentes? .. )...
Sempre comigo: deita-se ao meu lado
dizendo e redizendo que não mentes
quando me escreves: «vem, meu todo amado … »
É o teu corpo em sombra esta saudade …
Beijo-lhe as mãos, os pés, os seios- sombra:
a luz do seu olhar é escuridade …
Fecho os olhos ao sol para estar contigo.
É de noite este corpo que me assombra …
Vês?! A saudade é um escultor antigo!
António Patrício

Imagem de Andrei Belichenko