terça-feira, 16 de outubro de 2012

“Às vezes é no meio do silêncio Que descubro o amor em teu olhar É uma pedra É um grito Que nasce em qualquer lugar”

“Às vezes é no meio do silêncio
Que descubro as palavras por dizer
É uma pedra
Ou é um grito
De um amor por acontecer

Às vezes é no meio de tanta gente
Que descubro afinal p'ra onde vou”

Sem comentários:

Enviar um comentário